CCXP 2017

CCXP 2017
Um Click no Banner e vá direto para o Site do Evento

domingo, 3 de fevereiro de 2013

MINIATURAS DE PLASTICO UMA NOVA TENDÊNCIA OU UMA NECESSIDADE - HW CADILLAC ESCALADE 2013


Miniaturas de Plástico uma nova tendência ou uma necessidade, dentro do Lote F da Série Básica Hot Wheels 2013 surge o modelo Cadillac Escalade 2013, até ai nada de anormal, pois se trata de uma miniatura que já apareceu em vários anos dentro da Série Básica, o detalhe é que a sua carroceria toda em plástico e com a base em metal.

Há alguns anos, alguns modelos surgiram com a carroceria em plástico e erroneamente alguns acharam que eram miniaturas especiais jogadas no meio da coleção, mas já era um sinal que as coisas estavam mudando, uma dos materiais que impactam no custo de produção é o metal utilizado no molde que inclusive teve aumento na matéria prima nos últimos anos.

Quando há alguns anos foi lançada uma ambulância Renault em plástico pela Matchbox, as críticas foram as mais ferozes possíveis, ai se parar para pensar, chega-se a conclusão, que se manter o metal em todas as miniaturas da coleção o reajuste nos preços seria inevitável.

Na época deste fato chegaram a comentar que seria o fim da Matchbox pois esta situação aconteceu na Série Básica Matchbox, a alusão que fizeram foi, a Mattel deu preferência a marca azul (Hot Wheels) em detrimento da marca Laranja (Matchbox).

Esta é uma discussão que fica no âmbito dos colecionadores, porque se a Mattel chegar a conclusão que esta é a saída para não ter que reajustar frequentemente os preços, nada a de se fazer, não podemos esquecer que outra das atitudes tomadas para baratear o custo dos moldes também foi o fim das partes móveis nas miniaturas do seu carro chefe que é a Série Básica Hot Wheels...

Agora respondam à esta pergunta:

O que mudaria em sua coleção se toda a Série Básica ou grande parte dela fossem produzidas com toda a carroceria em plástico e sem partes móveis?

Acompanhem agora as imagens do Cadillac Escalade 2013  do Lote F da Série Básica Hot Wheels 2013 em Plástico...




Créditos e Fotos: The Lamley Group - E.U.A.

6 comentários:

  1. Não gosto dessas ideias, eu particularmente gosto das minis com a carroceria em metal, se virar uma tendência na linha básica com certeza vou abandoná-la e focar nas séries Collectors da Hot Wheels e nas outras marcas.
    Torço para que seja esporádico como ocorreu com alguns modelos tempos atras.

    ResponderExcluir
  2. Eu deixaria de comprar com certeza e partiria tbm para as séries adultas!!!

    ResponderExcluir
  3. Bem, há 40 anos sou plastimodelista e recentemente (uns 4 anos) parti para os 1:64 também, na maioria mattel/HW. Há 15 anos sou fabricante de resina... e sinceramente não vejo problema no plastico e nem entendo essa coisa do 'vale quanto pesa' em relação ao metal, que alias, é muito menos estavel para conservação do que o plastico. Pois o metal tende a desprender a tinta com o passar dos anos, entre outras coisas. Miniatura não foi feita para dar trombada ou levar pancada...então, o fator resistencia digamos que é um tanto inútil. Creio que para os customizadores, a chegada do plastico é um alivio, visto que o metal é literalmente 'dureza' para trabalhar-se. Arrisco até a dizer que o metal é coisa ultrapassada, visto que usava-se esse processo em um passado que remonta a limitação quanto aos moldes de injeção.
    Para reforçar, vejam as maravilhas que estão sendo feitas hoje para slot car, verdadeiras replicas e que 'andam', melhores do que muitos 1:43/32 colecionaveis estáticos. E feitos de forma até a suportar certo impacto.
    O mais paradoxal disso tudo é que a mattel se mata para reduzir custos e por aqui o pessoal esperneia quando um carrinho sobe de 5 para 6 reais... e aí...pagam o mesmo carrinho 4 a 8 vezes mais no ML !!! voce pode dar uma esplicação logica para isso?
    vide opala...ecto... e alguns thunts (ah..desculpa aí...a quantidade é 'raaaara'...aff...)...teve neguuinho que pagou 30 paus por uma brasilia...e idem por maverick...e agora...sobram por aí quando aparecem na linha...tal como o ultimo maverick e a ultima brasilia verde.
    Se a mattel lança um carrinho main line por 10 reais... vai haver um coro dizendo que não compram mais (será?)... mas...se falarem que é um carro 'rarissimo'...que um em cada 10 caixas de 98 carrinhos...aí não encontram...e vão lá no ML...ou encontro e pagam 40 reais ou mais na mão de um atravessador.
    então...plastico...aumento...metal... o que vai valer meeeesmo é se a mini será linda...inédita... e interessante. Se vier aí um baita nacional, por exemplo... há...que não vende.
    Alias... quem gosta de nacional e não se importa se é em resina...e vazada...com interior e tudo...é só procurar no meu site http://alfaminiatures.blogspot.com.br ATENÇÃO não estou em outro ponto de venda e minhas minis não são em bloco.
    abraço

    ResponderExcluir
  4. Eu sou colecionador desde 2006 e já fiquei muito chateado quando vi algumas miniaturas em plástico no meio de séries Hot Wheels que seriam de metal. Se o plástico substituir o metal nos modelos da Hot Wheels, eu particularmente deixaria de colecionar os novos modelos mas manteria minha coleção antiga intacta.

    ResponderExcluir
  5. Pra mim particulamente não ligo se a série basica fosse produzidas com plastico,o que importa é a qualidade da miniatura sendo bem feita concerteza continuaria a comprar sim.

    ResponderExcluir
  6. se os hot wheels fossem fabricados em plastico perderiam no conceito de resistencia que os manteve no mercado ate os dias de hoje metal sempre vai ser a marca registrada da Hot Wheels sem contar oque seria Diecast valeu pessoal até!!!

    ResponderExcluir