IV COLECON BENEFICENTE

IV COLECON BENEFICENTE

125º Ponto de Encontro de Colecionadores Semaan

domingo, 17 de junho de 2018

TOM "MONGOOSE" MCEWEN - HOMENAGEM A UMA DAS LENDAS DAS CORRIDAS DE ARRANCADAS DA NHRA NOS EUA E AO PRIMEIRO PILOTO A TER CARROS PATROCINADOS E MODELOS PRODUZIDOS POR UMA MARCA DE BRINQUEDOS, A MATTEL COM A SUA HOT WHEELS



Tom “Mongoose” McEwen


Hoje vamos homenagear uma das últimas lendas do automobilismo mundial, que encerrou a sua competição da vida inteira e nos deixou no último dia 10 de Junho de 2018, estamos falando de Tom “Mongoose” McEwen, Morreu aos 81 anos...

Uma minoria dentro do colecionismo, coleciona por referências históricas, e por memória afetiva quando se fala em alguns nichos do automobilismo, afinal, colecionamos miniaturas diecast de carros, e geralmente os modelos guiados por lendas do automobilismo, acabam sendo inspirações para que sejam utilizados em várias coleções de várias marcas, e em muitas escalas, no caso do Mongoose, além de tudo ele ainda foi garoto propaganda de uma destas marcas, a Hot Wheels, em homenagem ao seu passamento, vamos contar um pouco da sua trajetória e história dentro do automobilismo, para ser mais exato dentro das corridas de arrancadas nos EUA, Acompanhem...


Nascido em 14 de Janeiro de 1937, foi um piloto norte-americano que competiu em provas da National Hot Rod Association, conhecida como NHRA, uma carreira que durou 45 anos, na academia da associação em uma relação dos 50 pilotos mais importantes da história ele figura na posição 16, o seu apelido “Mongoose” que marcou a sua caminhada na categoria, foi lhe atribuído em 1964 pelo construtor de motores Ed Donovan, e esta alcunha foi criada para atrair a participação de outra lenda da categoria Don “The Snake” Prudhomme para uma corrida de exibição.

 

Tom McEwen iniciou sua experiência com carros, começando com um Oldsmobile 1953 no Santa Ana Drags na cidade de Irvine, em 1954 ele passou a correr em um Oldsmobile 1954 no Lion Drag Stripe em Long Beach.


Além dos Dragsters ele também pilotou Funny Cars, mas os Olds marcaram a sua vida...



Em 1962, ele dirigiu o Shark Adams, que foi um dos primeiros Dragsters a usar um corpo aerodinâmico com um pacote de paraquedas fechados que ajudava na redução de velocidade no final das corridas, este se tornou um dos Dragsters mais conhecidos pilotados por McEwen...


 Em 1963, ele alcançou o seu primeiro sucesso na categoria, quando terminou em segundo lugar, atrás de Art Malone no Bakersfield March Meet, na Califórnia. Ele também dirigiu o Dragster Donovan Engineering Special, e foi com este carro que ele correu contra Don “The Snake” Prudhomme pela primeira vez...


Em 12 de Setembro de 1964 ele venceu a corrida contra Prudhomme no Lions Drag Strip, venceu o carro laranja-escuro de Prudhomme em duas corridas consecutivas, inspirando o que pode ser o mais famoso emparelhamento da história em corridas de arrancada.



O Ano de 1964 foi um dos anos mais produtivos para McEwen, além do narrado acima ele ainda levou o Dragster Yeakel Plymouth de Lou Baney à vitória em um encontro de 32 carros da UDRA, no Fontana Raceway, em Fontana. Ele também levou os títulos da Top Fuel no Lions Drastrip e no Pomona Raceway.


Como a sua primeira disputa contra o seu principal rival, tinha chamado tanta atenção, mais duas corridas entre McEwen e Prudhomme fora programadas no Lions Drag Strip no ano de 1965. 


McEwen venceu duas em três na primeira bateria, mas perdeu duas na segunda bateria para Prudhomme.



Como McEwen correu apenas na Costa Oeste, ele e Prudhomme se enfrentaram apenas uma vez em 1966, no Winternationals, onde foi realizada a primeira reunião de eventos nacionais do gênero, Prudhomme no seu B & M Torkmaster Special levou a vitória com um 7,59 enquanto McEwen fez 7,69, Eles não se encontrariam novamente pelo resta da década para uma disputa.


McEwen venceria o campeonato de Hot Rod Magazine em 1966 no Riverside Raceway, em 1968 venceu o Stardust National Open em Las Vegas, e registrou o menor tempo decorrido até esta época com 6,64 em Orange Country PDA Meet...



Em 1967, McEwen venceu com uma das grandes maravilhas da Drag Racing, o Super Mustang da Ford. O Carro roubou a cena quando fez a sua estreia nos Nacionais de Inverno.



Em 1969, os dois pilotos, “Mongoose” e “Snake” Tom McEwen e Don Prudhomme respectivamente se uniram, e criaram a Equipe Nacional de Turismo, patrocinados pela Empresa de Brinquedos Mattel, em meados do mesmo ano eles se tornaram co-proprietários da equipe Wildlife Racing, eram patrocinados pela Hot Wheels, a cor do carro tradicional de Tom era o vermelho, e a cor do carro tradicional de Don era o amarelo, este acordo de patrocínio foi até 1972, a Wildlife assinou com a Care Free Sugarlees Gum como patrocinadora em 1973. McEwen e Prudhomme terminaram a sua parceria no final d temporada de 1973.



Os dois companheiros de equipe se enfrentaram neste ano pela Drag Race Magazine Championship Drag Races, realizado no Riverside Raceway um dos mais importantes eventos de Drag Racing dos EUA na época, apesar do troféu mais importante ter ido para o piloto Jim Warren...


Tom “Mongoose” McEwen ganhou 5 eventos da NHRA, mas ele tinha um diferencial que o acompanhou pela vida inteira, tinha um talento muito especial de provocar os adversários, e uma habilidade muito a frente de seu tempo em se promover, e atrair atenção dos patrocinadores para a categoria, com esta personalidade forte, era um cara muito inteligente e sagaz, todas estas qualidades o transformaram em uma das figuras mais influentes e controversas do esporte...


Como falava na época outra lenda das corridas de arrancadas, Roland Leong, O Tom McEwen era o cara mais esperto da turma, ele foi o cara que trouxe a marca Hot Wheels para as corridas de arrancadas, criando os personagens icônicos “Snake” e “Mongoose”, com esta sacada ele e seu companheiro de equipe, e o dinheiro que o patrocinador principal “Hot Wheels” trouxe para a equipe, proporcionou que eles comprassem os melhores equipamentos, que todas as despesas da equipe fossem pagas, e ainda ganhassem muito, mas muito dinheiro.


Na época a Hot Wheels estava investindo nas pistas para os seus carrinhos, e nada melhor que ter como garotos propaganda os caras mais importantes das corridas de arrancadas, que pareciam, e inclusive tinham inspirado a criação das “Pistas Hot Wheels”, Os dois viajaram os Estados Unidos, de costa a costa, levando o nome da marca, e com esta ação promocional, mudaram os conceitos da captação dos patrocínios para as categorias automobilísticas dos EUA, a partir deles tudo mudou, eles mostraram a todos um novo mundo em matéria de promoção pessoal e da categoria...


Em 1972, McEwen venceu seu primeiro grande evento, quando dominou o campo do Top Fuel no Bakersfield March Meet, Um ano depois, ele marcou sua primeira vitória no evento nacional da NHRA, superando a mais rápida reunião de Funny Car da história no Super Nationals em Ontario Motors Speedway.


A Vida deste cara foi marcada por muitas vitórias e conquistas, mas teve algumas derrotas, principalmente na vida pessoal, ele ganha 4 eventos nacionais, incluindo a dramática vitória no National Car dos EUA, sobre o seu rival da vida inteira, Prudhomme em 1978, e esta última façanha acontece apenas há alguns dias após a morte de seu filho Jamie, que lutava contra uma Leucemia...


Ele foi responsável também pela criação de uma réplica da Chevy 1957, construída em homenagem ao icônico Chevrolet, ele foi produzido como um veículo de arrancadas tipo NHRA, e a partir da construção deste modelo foi criada a Classe Nostalgia Funny Car, A Chevy 1957 Funny car correu durante 3 anos, e alcançou grande popularidade entre os Fãs e a Mídia da época...

Tom McEwen venceu a final mundial da AHRA no Spokane Raceway Park em 1982, O Prestigiado Big Bud Shootout em 1984, e o Top Fuel no Nacional de Verão de 1991 em Englishtown, New Jersey...

E em 1992, Tom "Mongoose" McEwen finalmente se aposenta das corridas, e mais tarde viria a trabalhar com editor da Revista Drag Racing, com sede no Sul da Califórnia...


  "Mongoose" e "The Snake"

Para os colecionadores que não tem tanta proximidade com o nome Tom "Mongoose" McEwen, alguns modelos produzidos pela Hot Wheels, e que para aqueles que tem a alegria de tê-los em suas coleções, tem em seu poder peças que valorizaram ainda mais, Acompanhem...


 


     







terça-feira, 5 de junho de 2018

SÉRIE COLLECTORS HOT WHEELS POP CULTURE 2018 DISNEY COLLECTION 80 ANOS


Uma das melhores Séries Collectors Hot Wheels dos últimos anos, a Pop Culture, tem estampadas nas suas carrocerias as mais variadas comunicações visuais com enfoque em temáticos, grandes licenças, modelos escolhidos a dedo, destacam marcas que fazem parte do imaginário de Adultos e Crianças, nesta coleção em questão somos brindados com as decorações homenageando personagens legendários Disney, que surgiram com sucesso em mais de 80 anos da "Magia Disney".

Nesta wave da Série Collectors Hot Wheels Pop Culture Disney Collection 2018, são destaque alguns dos maiores sucessos de bilheteria do cinema neste segmento, e o primeiro longa-metragem de animação de Walt Disney, Branca de Neve e os Sete Anões que estreia no ano de 1937 já sendo premiado, destacando ainda Mickey Mouse "Fantasia", Peter Pan, 101 Dalmatas e Mogli, O Menino Lobo.

OS MODELOS

Todos os modelos em Metal/Metal (Chassi e Carroceria), Pneus de Borracha, Rodas Especiais Real Riders, Decoração das Cartelas com a comunicação dos Cartazes originais dos Filmes, Comunicação Visual das Miniaturas retratando cenas destes Clássicos Disney...

Volkswagen T1 Panel Bus - Branca de Neve e os Sete Anões
Deco Delivery - Fantasia
34 Dodge Deliver - Peter Pan
Ford Transit Super Van - 101 Dalmatas
55 Chevy Panel - Mogli, O Menino Lobo

Acompanhem as imagens de cada modelo...



 


 










quinta-feira, 31 de maio de 2018

UMA HISTÓRIA REAL - CARLOS MAGNO "CAÇADOR DE RELIQUIAS BRASILEIRO" E GEORGE "THE LEGEND" BARRIS - THE KUSTOMIZER KING

Jared Barris (neto) camiseta branca extremidade esq. , Joji Barris (filha) camiseta vermelha e colete lado direito.

UMA HISTÓRIA REAL - CARLOS MAGNO "CAÇADOR DE RELÍQUIAS BRASILEIRO" E GEORGE "THE LEGEND" BARRIS - THE KUSTOMIZER KING.

Começo esta matéria com uma frase antiga, mas que diz muito nesta história que eu vou contar "Deus escreve certo, por linhas tortas", No inicio do mês de Novembro de 2017, recebi uma mensagem vinda dos EUA, para ser mais exato, de Los Angeles, Ca, de um casal de amigos Tony e Doreen, e dizia que a família de ninguém mais, ninguém menos, George Barris, estava vendendo a coleção completa que ele acumulou durante 30 anos, com mais de 1.500 itens, peças muito antigas e raras, dos anos de 1960, 1970, 1980, miniaturas diecast de carros, dolls, action figures, playsets, pedal car, entre outros, e com o dinheiro arrecadado eles iriam reformar o Museu de George Barris, ampliando as instalações, para que pudessem trazer mais carros e organizassem todas as peças dentro deste espaço novo, para guardar a memória e a história desta lenda da customização mundial e trazer mais conforto aos visitantes que passam por lá durante o ano todo...


Com esta informação, logo veio o nome do meu amigo Carlos Magno de Lima Antunes a minha cabeça, em várias conversas que tivemos, ele sempre me contava da sua relação com o velho George Barris, de todas as vezes que ele tinha visitado o museu Barris Kustom Inds., e de todos os encontros e conversas com a Lenda da Customização mundial de todos os tempos, e que a partir desta amizade, ele, Carlos Magno, foi apresentado e inserido para sempre na Cultura Custom...

Ai eu pensei, quem vai arrematar e assumir esta coleção super importante, será ele, entrei em contato e passei a informação, dai começam os contatos, primeiro eu com o Tony, com a ajuda do meu filho Gui, por causa da língua que eu não domino, a pedido do Carlos consegui todas as informações sobre esta situação, peguei os contatos, E-mail, Tel, Cel, e contei um pouco da história dele com o George Barris.


Dai começa uma negociação com o neto Jared Barris para arrematar todo este patrimônio histórico, e a concorrência não era fácil, tinha gente de todo o mundo interessada, mas o que mais pesou na escolha do comprador, que viria a ser o Carlos Magno, foi a sua história junto ao George Barris, e o compromisso que esta coleção não seria desfeita e nem fatiada, sendo vendida peça a peça para vários colecionadores diferentes...

A Coleção viria para o Brasil, como veio, e seria criado um local ou espaço onde ela ficará exposta toda junta, compromisso assumido lá em Los Angeles no dia 08 de Dezembro de 2017.


Fomos recebidos como iguais, como amigos antigos e muito queridos, Jared foi o melhor anfitrião possível, um cara sensacional, e o mais importante, já sabia quem era o Carlos e o Silvio no Brasil, um sonho que eu realizei, porque eu sou fã do velho George Barris, já tinha escrito várias matérias sobre ele no meu blog, e conhecia a sua história desde a década de 1940, primeiro com o seu irmão, depois sozinho, e quando ele começa a criar os modelos personalizados para a indústria cinematográfica e da TV e entra para a história para sempre...

Bem, ficamos no stúdio 3 dias, dia 8, 11, 12 de Dezembro de 2017, para quem nunca tinha visitado este lugar, foi uma overdose, mas foi muito prazeroso, mais importante de tudo isso, são as portas que deixamos abertas em todos os locais que passamos...   


O Carlos Magno recebeu alguns regalos da Família Barris, primeiro o certificado de autenticidade da Coleção Particular George Barris, depois ganhou o "Livro de Ouro" da Família Barris, Ganhou duas insígnias (Brasões) Barris Kustom, e para fechar com chave de ouro, recebeu a Jaqueta Amarela da Barris Kustom exclusivíssima e ainda com o seu nome bordado nela, sensacional...  

Acompanhem algumas imagens feitas neste momento único...
 












O RECONHECIMENTO


Encontro de Carlos Magno e Joji Barris em Janeiro de 2018, A Família Barris cresceu...

O CARA
 

No inicio desta matéria eu disse que "Deus escreve certo, por linhas tortas" , vou explicar agora, dois anos atrás, em Agosto de 2016, Eu e o Carlos Magno fomos convidados para um evento em Maceió, Alagoas, e nestes dias que passamos por lá conversamos muito, e em uma destas conversas, ele me falou assim...

"Você é um cara que conhece um monte de gente nos EUA, como pode nunca ter ido, inclusive já mandou gente para lá, já trouxe gente de lá para eventos no Brasil..."

"Vou te falar uma coisa, a primeira vez que você for aos EUA, eu vou estar com você, e vou te apresentar tudo o que eu conheço por lá..." 

E ai o que acontece, depois de ter concluído a negociação para a compra da Coleção Particular do George Barris, o Carlos Magno me liga e diz "Como esta o seu visto, você vai comigo para Los Angeles para trazer a coleção...

Falar o que deste cara, além de tudo o que já sabem dele no nosso colecionismo, nas Contra Culturas, Custom, Lowrider, Hot Rod, Skate, Etc...

Um Amigo de graça, que eu fiz na vida, e que espero levar até o fim da minha caminhada, eu sei que iria para os EUA um dia, e o local seria Los Angeles mesmo, pois lá é o berço da Customização Mundial, de onde surgiram as maiores lendas de todos os tempos, ele falou, e cumpriu o que havia previsto, era um sonho, e este meu amigo me ajudou a realizar, sem palavras para exprimir minha gratidão a este cara...

MUSEU BARRIS KUSTOM INDS.
 

Tem gente que quer ir para Disney, tem gente que quer ir para Las Vegas, Tem gente que quer ir para Washington, Tem gente que quer ir para New York, Tem gente que quer ir para Orlando ou Miami, eu não os culpo, gosto é gosto, mas Los Angeles, Ca, EUA, era um sonho para mim, e estando lá, um dos destinos, com certeza seria o Museu Barris Kustom Inds. , para aqueles que gostam de Customização ou Personalização de Carros, este é um lugar que personifica o nascedouro ou o destino dos caras que criaram os principais modelos temáticos, que marcaram os seus nomes na história, e são cultuados até os dias de hoje, para os amantes do Cinema e dos Seriados de TV. E ainda dos caras que modificaram a visão e conceito da construção dos carros, desconstruindo o conceito de linha de produção, produção de carros iguais, eles não se conformavam com carros todos iguais, se acreditava que o carro tinha que ter a personalidade do dono, e assim foram criadas verdadeiras obras de arte da indústria automobilística, rebaixando tetos, removendo colunas, trocando e modificando grades e para choques, inserindo entradas de ar, cobrindo rodas, modificando motores, e criando novos conceitos de pintura e produção de chapas, inclusive com criação de vincos e dobraduras...Acompanhem agora um pouco do interior da Meca da Customização em Los Angeles, um dos principais museus do gênero nos EUA.
  








































O BATMÓVEL


A Obra Prima de George Barris sem dúvidas nenhuma, quando se fala de modelos temáticos, criados para o Cinema ou para Seriados de TV, foi o Batmóvel da série de TV Americana, The Batman, estrelada por Adam West como Batman e Burt Ward como Robin,  encomenda recebida após a desistência de outra lenda da customização Dean Jeffreys, concebido e tendo como base um 1955 Lincoln Futura, diz a lenda que o modelo foi comprado por 1 dólar em um Ferro Velho ou Sucata, neste projeto foram envolvidos mais algumas lendas da customização da época...  

Acompanhem as imagens do modelo no estúdio de George Barris na Califórnia...























THE MUNSTER KOACH


A Década de 1960 foi uma das mais produtivas para George Barris, nesta época um dos seus principais modelos lançados foi este modelo The Munster Koach para a série de TV Os Monstros, para este seriado ele criaria ainda mais 2 modelos, Acompanhem as imagens...





















THE K.I.T.T.


Uma de suas criações, e que fez muito sucesso como estrela automobilística da série de TV Super Máquina, foi o Modelo Trans Am K.I.T.T, este modelo marcou época, Acompanhem...  
 






MINIATURAS DOS MODELOS CRIADOS POR 
GEORGE BARRIS


Quando George Barris inicia um outro período de sua carreira como criador de modelos encomendados pela indústria cinematográfica e de TV, para Filmes e Seriados, este mesmos modelos ascenderam a vontade da indústria brinquedeira em produzir réplicas e model kits de várias de suas criações, estas criações inspiraram designers do segmento de brinquedos, o que virou uma febre na época, inclusive sendo produzidos modelos de outros Customizadores da época citando: Dean Jeffreys, Ed "Big Daddy" Roth, Tom Daniel, entre outros, Acompanhem...